2019 junho 10 Rinaldo Junior elogia programa Chegando Junto da PCR (CMR)

Rinaldo Junior elogia programa Chegando Junto da PCR (CMR)

Rinaldo Junior elogia programa Chegando Junto da PCR (CMR)

Publicado no site da Câmara Municipal do Recife
Programa social Chegando Junto, anunciado semana passada pela Prefeitura do Recife, com dez ações entre elas restaurantes populares, abrigos noturnos para pessoas em situação de rua, além de reinserção no mercado de trabalho, mereceu elogios do vereador Rinaldo Junior (PRB), líder da oposição na Câmara do Recife. Ele disse na tarde dessa segunda-feira (10) que faz oposição propositiva, critica, mas elogia quando é bom. O programa vai receber investimentos provenientes de um corte de R$ 60 milhões. O dinheiro será investido em programas sociais.
Rinaldo Junior elogia programa Chegando Junto da PCR

 

O vereador contextualizou o elogio  afirmando que o Caged, responsável pela apuração de dados de desemprego, mostra que o desemprego só aumenta, ficando patente o agravamento da crise desde o governo Temer. “Bolsonaro vende a retomada do crescimento a partir da reforma da previdência como salvadora, mas a retomada se dará com o pleno emprego. Recife não é diferente. Temos visto as pessoas passando fome nas ruas”.

Para ele, é louvável a iniciativa da gestão em investir em um programa social. O vereador pontuou que as pesquisas mostram que há mais de cinco milhões de pessoas desalentadas, ou seja, que nem procuram mais empregos e esse programa quer reduzir isso, gerando empregos. São três restaurantes populares, com 900 refeições por dia e abrigo noturno para 200 pessoas.

Eriberto Rafael (PTC), líder do governo na Casa, ressaltou a importância do programa em momento tão difícil da vida do país, que vive agora momento triste com vazamento de revelações preocupantes entre ex-Juiz Sérgio Moro, hoje ministro da Justiça, e o promotor do Ministério Público, Deltan Dallagnol sobre combinações em relação à condenação do ex-presidente Lula, na Lava Jato. “É triste um governo sem rumo, sem programa”

Eriberto Rafael frisou que a PCR  cortou R$ 50 milhões no início do ano e agora corta mais R$ 60 milhões para investir no social. “Essa era uma demanda de outros parlamentares como Michele Collins (PP), Ivan Moraes (Psol), Aline Mariano (PP) entre outros. Estamos vendo as pessoas passando fome, algo que não acontecia fazia tempo. No Governo Lula, o povo comia. Essa é uma atitude política dessa gestão que dá um exemplo para o país”.

Natalia de Menudo (PSB) argumentou que todos sabem que os mais pobres são os que mais sofrem nas crises. Ela disse que tem ouvido e visto muita gente passando necessidade. “As pessoas chegam na minha casa chorando, pedindo comida para os filhos porque não conseguem trabalho”.

Aline Mariano acha importante trazer essa discussão sobre o programa Chegando Junto que atende uma demanda reprimida. “Essa sempre foi uma luta dessa Casa. Conheço bem essa realidade e finalmente conseguimos tirar do papel o programa, investindo alto. O primeiro passo foi dado em São Paulo que já tem o programa”.

Author: Rinaldo Junior ASSCOM

Vereador do Recife. Presidente do SIEEC-PE e da Força Sindical-PE.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *